Emoções
blog
Publicado: 09/07/2017
Emoções

O que são as emoções? As emoções são respostas neurológicas e fisiológicas a estímulos (externos e internos), coordenados pelo próprio pensamento que envolve as estruturas do sistema límbico.

As cinco emoções base que gerimos em vida são: alegria, tristeza, raiva, medo e repulsa. A alegria é, de facto a emoção que deve ser “soberana” sobre as restantes. Mas, por que são necessárias tantas emoções?

A alegria é (ou devia de ser) o guia que nos move. Que nos ajuda a criar vínculos com os demais. A alegria torna o nosso sistema imunitário mais forte. Mas nem sempre conseguimos ser felizes, ou estar alegres ou felizes. A felicidade é formada por grandes momentos de alegria e pequenos instantes de raiva, medo, tristeza e repulsa. Porque a alegria também necessita do resto para continuar o seu caminho. (recomendo visionamento de filme: ”Inside Out”).

A tristeza…  sem a tristeza não existiria a alegria. São absolutamente complementares. Como poderíamos contemplar os momentos felizes se não tivéssemos privado de momentos tristes? Porque fugimos da dor em função do prazer? Muitas vezes, é em momentos de tristeza que refletimos sobre o que podemos melhorar. Aprendemos também aqui.

A raiva é uma das menos trabalhadas emoções que temos. É a mais básica das básicas pois faz-nos atuar, muitas vezes, por impulso. É aqui que raiva gera um mecanismo de defesa perante aquilo que nos incomoda.

O medo protege-nos. Coloca-nos perante desafios e permite que o nosso corpo fique em estado de alerta para atuar e enfrentar o mundo exterior.

A repulsa ajuda-nos a aprender a dizer que não. Ajuda-nos também a formar a nossa personalidade, à semelhança das restantes, (quero isto em vez disto). Evita que sejamos conformistas com o que o exterior nos apresenta, não aceitando tudo e todos.  

Todas as emoções são necessárias para podermos continuar a dançar entre as gotas da chuva como no artigo anterior referia.

Independentemente da idade, são estas emoções básicas e outras que delas derivam, que nos guiam, que nos conservam, que nos ensinam, que nos fazem atuar, refletir, avançar e viver.  É com as emoções que também definimos momentos.

Hoje estou em triste, sinto raiva e medo. Sei que a alegria vem depois… muito depois.  Sei que fui (fomos) muito feliz(es) contigo J. Sei que farás para sempre parte de mim, de nós. Até um dia J.

Marisa Romero